sábado, 25 de fevereiro de 2012

Projeto Educativo




Somos um Movimento de crianças e jovens, com a colaboração de adultos, unidos por um compromisso livre e voluntário.
Somos um Movimento de educação não formal, que complementa o trabalho da família, da escola e da religião, interessado em contribuir para que o jovem assuma seu próprio desenvolvimento; interessa-nos mais a formação de atitudes do que a aquisição de conhecimentos ou habilidades específicas.
Queremos o desenvolvimento do ser humano, como um todo, e de todos os seres humanos. O ser humano na plenitude de sua existência. O ser humano, homem e mulher. O ser humano, como parte da Humanidade e em sua identidade singular, sem distinção de origem, raça, classe ou credo.
Somos um Movimento que caminha em busca de Deus e que estimula seus membros a viver autenticamente, dando testemunho de sua fé.
Incentivamos os jovens a lealdade à Pátria, em harmonia com a promoção da Paz Mundial. Pregamos o amor à nossa terra e ao nosso povo, sem hostilidades entre as nações. Participamos da grande Fraternidade Escoteira Mundial, que valoriza a cooperação internacional.
Cremos na família, raiz integradora da comunidade e centro de uma civilização baseada no amor, na verdade e na justiça. Por isso, queremos contribuir para que o jovem cresça rumo a uma cidadania responsável, participante e útil.
Somos um Movimento que procura Ter uma participação ativa e positiva nas grandes questões nacionais, tais como: distribuição de renda, proteção ao meio ambiente, menores e drogas, por exemplo. Por isso estimulamos internamente a discussão desses temas e especialmente incentivamos o desenvolvimento de projetos envolvendo essas questões.
Como Movimento Educacional, não nos envolvemos na disputa pelo poder político. Entretanto, os princípios em que se baseia o Movimento orientam as opções políticas pessoais dos nossos membros e a formação de cidadãos responsáveis, participantes e úteis exige que estejamos atentos à realidade política.
OS DESAFIOS PARA UMA VIDA MELHOR
A relação consigo mesmo.Pretendemos que a criança e o jovem aprendam a fazer opções, a descobrir aquilo querem e podem conquistar. Queremos que sejam capazes de assumir responsabilidades, de formular seu projeto de vida, e lutar por ele, conscientes de sua dignidade. Queremos auxiliá-los a serem eles próprios, e a viver por sua própria conta, como agentes de seu próprio desenvolvimento.
A relação com o próximo.Propomos que os jovens se realizem pessoalmente por meio de uma relação de serviço ao próximo. Esta aprendizagem para a vida em sociedade educa para o bem comum, permite descobrir o sentido de vida comunitária e incentiva as atitudes de solidariedade e democracia. Aquele que cresce no Escotismo é um cidadão livre, que respeita a liberdade alheia, interessado em humanizar o mundo, em construir a história e criar uma nova sociedade, participativa e fraterna.
Relação com o mundo material.Para nosso Movimento; produção, criatividade, invenção, bem como a interpretação de informações disponíveis são os meios de educação. A criança e o jovem que inventam uma solução para um problema concreto aprendem a viver. Aquele que imagina um objeto e o produz com suas próprias mãos aprende a conhecer a natureza e a reconhecer sua capacidade de transformá-la. O jovem que vive está experiência se liberta de uma noção fatalista de "destino" e rejeita as atitudes conformistas: descobre a tecnologia como um meio a serviço do homem.
O reencontro com a esperança.Convidamos o jovem a descobrir Deus, aderindo a princípios e valores espirituais, vivenciando ou buscando uma religião que os expresse e aceitando os deveres decorrentes dessa adesão. Nosso enfoque educativo ajuda o jovem a valorizar menos o mundo material, buscando o sentido e o valor da vida. Para alcançar esse desenvolvimento, propomos aos jovens que assumam um código de ética pessoal, traduzido na Lei e na Promessa Escoteiras, que destacam a honra, a confiança, a lealdade, o serviço ao próximo, a generosidade, a alegria a honestidade e o amor, possibilitando-lhes um reencontro permanente com a esperança.

O Homem e a Mulher que Pretendemos Oferecer à Sociedade
Desejamos que os jovens que tenham sido
Escoteiros façam o seu melhor possível para ser:
Um homem ou uma mulher
reto de caráter, limpo de pensamento
autêntico em sua forma de agir;
leal, digno de confiança.
Capaz de tomar suas próprias decisões,
respeitar o ser humano,
a vida, e o trabalho honrado;
alegre, e capaz de partilhar sua alegria;
leal ao seu país,
mas construtor da Paz,
em harmonia com todos os povos.
Líder a serviço do próximo.
Integrado ao desenvolvimento da sociedade,
capaz de dirigir, de acatar leis,
de participar, consciente de seus direitos,
sem se descuidar de seus deveres.
Forte de caráter, criativo,
esperançoso,
solidário, empreendedor.
Amante de natureza,
e capaz de respeitar sua integridade.
Guiado por valores espirituais,
comprometido com seu projeto de vida
em permanente busca de Deus
e coerente em sua fé.